Compartilhe

Índice

On junho 06, 2013



Servir ao Senhor com alegria e não por obrigação.Servir ao Senhor com prazer não por medo. Servir ao Senhor com reverência não descaso. Servir ao Senhor com todo nosso ser, não com apenas uma parte. Servir ao Senhor por quem o Senhor é, não pelo que Ele pode dar. Servir ao Senhor como soberano não como marionete.

Reconhecer que o Deus a quem servimos é Santo e abomina o pecado. Reconhecer que Ele é Rei e outro igual não há. Reconhecer que Deus não pode ser acomodado a uma mente carnal , dando mais ênfase em Seu amor do que em Sua justiça, em Sua bondade do que em Sua santidade. Reconhecer que Deus não muda.

Quando nossa alegria não está em Deus, buscamos várias atividades, lazeres e afazeres para preencher nossas vidas, isso não estaria errado se o fato de que nos alegrarmos em Deus é uma ordem dEle próprio, e também que quando buscamos contentamento em outras coisas e não levamos Deus em consideração estamos pecando.

É impressionante ver como falhamos em nos alegrar em Deus, porque muitas vezes colocamos objetos, coisas, afazeres como nosso Deus, diferentemente do que a maioria das pessoas pensa, que idolatria é somente as "imagens e estátuas", a mensagem da Bíblia é muito mais profunda. Tudo que ocupar o lugar de Deus e Sua primazia é idolatria.

Queridos, é triste como podemos ver a ação do pecado nas nossas vidas, pior que isso, na vida dos pequeninos, nossos filhos, que desde cedo tem o pecado impregnado, porque são pecadores e carecem da glória da graça de Deus da mesma maneira que nós. De que maneira podemos ajudá-los?

Salomão em seus provérbios de sabedoria, deixa uma instrução valiosíssima:

Filho meu, guarda o mandamento de teu pai e não deixes a instrução de tua mãe; ata-os perpetuamente ao teu coração, pendura-os ao pescoço. Quando caminhares, isso te guiará; quando te deitares, te guardará; quando acordares, falará contigo. Porque o mandamento é lâmpada, e a instrução, luz; e as repreensões da disciplina são o caminho da vida" (Provérbios 6:20-23).

Instrução de que devemos constantemente guiar nossos filhos nos mandamentos e caminhos de Deus, isso serve para nossas própria vidas, afinal só podemos dar aquilo que temos para oferecer, não podemos oferecer para nossos filhos algo que não temos, me refiro a alegria em servir ao Senhor.

Então se nos alegramos em oferecer nossa vida em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é nosso culto racional, nossos filhos poderão presenciar e vivenciar de perto esta realidade, com certeza assim sendo influenciados pelo Espírito Santo, que pode trazer o entendimento desde cedo aos pequeninos, nossa tarefa é com a alegria que sentimos por servir ao Senhor, não negligenciar deles estas verdades, afinal esta é a tarefa dos pais.

Muitas vezes não é isso que vivemos, graças a Deus por nosso Senhor Jesus em quem podemos olhar e em quem temos o perdão por todas falhas, mas como pessoas regeneradas por uma semente incorruptível, se reconhecemos todas essas misericórdias do Altíssimo, vivamos para Ele (Rom:12.1).

Então de acordo com as próprias palavras de Cristo, demos a Ele o que é Dele por direito, toda honra, toda glória e todo louvor, seja em nossa família, no trabalho, no lazer, lembrando que a alegria de obedecer e viver para Deus, é porque somos Seu povo, rebanho de seu pastoreio.

Conseguimos achar alegria nisso?


Glórias a Deus.

Guinho


Leave a Reply

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments